A Gruger realiza o comércio e locação de motobomba. A fabricação é feita dentro de padrões rigorosos de controle de qualidade, observados ao longo do processo de fabricação, desde a análise da matéria-prima até a produção final.

São vários modelos de motobomba que atendem diferentes necessidades:

Abastecimento de residências, edifícios, indústrias, hotéis, hospitais, irrigações à partir de poços artesianos ou cisternas.

1. Motor: É determinado pelo ponto de trabalho em que a bomba irá operar e tem como principais características: ciclo diesel 4 tempos, injeção direta e arrefecimento por radiador e ventilador.

2. Bomba: É dimensionada pela vazão(m3/h) e pressão(MCA ou Kg/cm2) de operação. Tipo centrífuga com rotor em ferro fundido, eixo em aço carbono, vedação por gaxetas, mancal reforçado com rolamentos de esfera lubrificados a graxa.

3. Painel para partida manual: Montado sobre motor diesel, contendo tacômetro, horímetro, termômetro d,água no radiador e sobrevelocidade.

4.Quadro para partida automática: Padrão Gruger Microprocessado, montado em caixa metálica para fixação em parede, com indicações de rpm, temperatura do motor, pressão do óleo, número de horas de funcionamento, número de horas para manutenção e tensão de bateria.

5. Partida automática a partir de sinal externo, com 3 tentativas e um banco de baterias.

6. Aviso de falha na partida, alta temperatura d,água, baixa pressão do óleo, baixo nível d,água no radiador e proteção com desligamento para velocidade.

7. Sinalização visual e sonora

8. Quadro para partida automática conforme NFPA – 20 Microprocessado, montado em caixa metálica para fixação em parede, com indicações de rpm, número de horas de funcionamento, número de horas para manutenção e tensão de bateria (banco 1 e 2).

9. Partida automática partir de sinal externo, com 6 tentativas intercaladas em dois bancos de baterias.

10. Painel com motor contendo tacômetro, termômetro d,água, manômetro, chave de partida e dispositivo de parada.

11. Aviso de falha na partida, alta temperatura d,água, baixa pressão do óleo, baixo nível d,água do radiador eproteção com desligamento para sobrevelocidade.

12. Todas as ocorrências são acompanhadas de sinalização visual e sonora.

13. Sistemas de pré-aquecimento para motor e dois retificadores com fonte chaveada, sendo um para cada banco de baterias de partida.

14. A comutação dos bancos de partida dá-se através de par de contadores automáticos, montados junto ao conjunto motobomba, porém em caso de falha no sistema de automatismo, chaves de operação manual permitirão a seleção de banco de baterias e a partida manual do motor a diesel.

15. Acessórios Tanque de combustível com kit de instalação Baterias de partida com cabos e terminais (execução NFPA-20, acompanham dois bancos) Silenciador de absorção Segmento elástico em gramianto Conjunto de manuais técnicos.

Nós ligamos para Você